Notícias

Colégio do Salvador consegue mais de 80% de aprovação no vestibular da Unit

A semana começou com festa para os alunos do Ensino Médio do Colégio do Salvador. Mais de 80% dos alunos inscritos no vestibular da Universidade Tiradentes (UNIT), realizado nos dias 27 e 28 de maio, conseguiram aprovação e a segunda-feira não podia começar sem as tradicionais pinturas nos rostos e a máquina zero para os meninos.

Participaram do processo seletivo alunos do 9º ao 3º ano e de acordo com o coordenador do Ensino Médio, Ronaldo Cruz, o vestibular da UNIT é um pré-teste, uma forma de avaliar os conceitos que foram vistos ao longo do primeiro semestre. “É uma avaliação de como eles estão no ponto de vista de conceitos, avaliar se as dificuldades foram no processo de execução da prova ou dentro do conteúdo. Nessa prova avaliamos o contexto de como estão preparados, do que foi aplicado e quais as dificuldades que encontraram dentro da prova. É uma forma de estimular que eles continuem firmes, porque ainda há o processo de avaliação final no fim do ano”, afirmou o coordenador.

Ronaldo também ressaltou que o dia foi de celebração. “É um dia de muita alegria, para os que conseguiram a aprovação foi mais um gás e para os que não conseguiram, mas ficaram bem classificados, é uma forma de mostrar que tem que continuar e fazer a sua avaliação do que foi falho, se foi estresse ou conteúdo. É fundamental essa proposta pedagógica de levar conceito de maturidade, fazendo com que o aluno seja moldado desde o 9º ano, faz parte disso que eles passem pelo processo seletivo desde cedo”, concluiu.


Felicidade total

O aluno do 3º ano, Marcos Pinheiro, era só felicidade com sua aprovação no curso de Medicina, a realização de um sonho. “Eu fiquei surpreso, na hora achei que tinha ido bem, mas quando cheguei em casa e corrigi fiquei em dúvida. O importante foi que nas matérias de peso fiz bem o que jogou a colocação para cima”, explicou o aluno que ainda não sabe se vai ingressar no próximo semestre na faculdade, mas está confiante para o processo seletivo do final do ano e para o Enem. Marcos também destacou a importância de fazer provas de vestibulares durante o Ensino Médio. “Já fiz o vestibular outras três vezes e vale a pena ir fazendo as provas como forma de medir conhecimento e estudar cada vez mais”.

Quem não se conteve de tanta felicidade foi a mãe do Marcos, a dona Fátima Barbieri. Ela esteve no Colégio e não conseguiu segurar as lágrimas quando começou a falar do filho. “Estou muito emocionada em ver meu filho com esse resultado, ele é um menino muito aplicado, responsável, isso tudo é um retorno. É um orgulho, ele está tão feliz e eu também fico, é filho único, e estou com sensação de dever cumprido, somos do interior e deixo meu marido lá para ficar aqui com ele, depois de muito empenho estamos vendo o retorno. Mesmo que ele não ingresse logo sabemos que ele está capacitado, vai ser feito o possível, mas se não conseguir, ele segue estudando para o Enem, tenho certeza que vai fazer bem feito ”, destacou.


Aprovados

A aluna Liliane Silveira, 9º ano, ainda tem mais alguns anos até chegar a faculdade, mas já mostrou que está preparada, ela ficou em 1º lugar no curso de Biomedicina. “É a primeira vez que faço e fiz para ir pegando experiência, e não esperava passar, fiquei muito feliz e agora é só evoluir, pois quero Medicina, agora fiquei com mais confiança. Os simulados do Salvador estavam praticamente no mesmo patamar, porque eles procuram fazer do mesmo jeito para chegarmos preparados, mesmo sendo ainda do 9º ano consegui fazer e valeu a pena”, relatou.

Para Rila Souza, aluna do 2º ano, mesmo não tendo estudado todo o assunto do ano letivo a experiência foi válida e ela se sentiu preparada. “Fiz Enem no ano passado e é a primeira vez na Unit. Estamos no início do 2º ano e temos a dificuldade de não ter dado todos os assuntos, mas sentimos que estamos no melhor caminho, que no ano que vem a maioria vai conseguir sim. Esse resultado positivo é um estímulo a mais e tira um pouco do estresse, porque sabemos que vamos conseguir um resultado bom, estamos capacitados”, afirmou a aluna que ficou em 7º lugar no curso de Engenharia Civil.

Ana Clara Torres, 2º ano, ficou em 10º lugar no curso de Direito e relatou estar bem confiante para o processo seletivo do final do ano. “Achei que o vestibular fosse ser mais fácil, por ser privado tem sempre essa impressão, mas foi mais difícil que o Enem e justamente por isso estou muito feliz, por essa colocação boa. Estou mais confiante, tanto para o Enem quanto para Unit. Essa prova do meio do ano é uma forma de testar conhecimentos”, lembrou.

Galeria Voltar Galeria Avançar
Carregando legenda