Notícias

Ginasta do Salvador se apresenta nos Jogos Escolares TV Sergipe

Muito brilho, graça e delicadeza marcaram as apresentações da etapa de Ginástica Rítmica (GR) dos Jogos Escolares TV Sergipe, realizadas no último sábado, dia 26. O Colégio do Salvador teve sua representante na competição, a aluna Sofia Campos, do 5ª ano A.

Com apenas 10 anos de idade e a responsabilidade de representar sua escola, Sofia estava concentrada antes da apresentação e conseguiu executar os movimentos com sucesso. A atleta afirmou que, apesar do nervosismo, faz questão de se apresentar. “Eu amo participar das competições, a gente fica muito nervosa, mas a professora nos acalma e no final dá tudo certo. Estou muito feliz”, comenta.

O esporte é capaz de desenvolver habilidades diferenciadas e Sofia já sente essa importância, além de ser uma apaixonada declarada pela GR. “Já faço a ginástica rítmica há três anos e eu acho muito legal. É lindo e me ajuda a ter mais equilíbrio, flexibilidade. Gosto bastante”, confessa animada.

Torcendo na arquibancada estava a mãe de Sofia, Viviane Campos que faz questão de apoiar e incentivar a filha. “É muito bom vê-la se apresentando. Tento sempre estimular o que ela gosta de fazer, se for para o bem, tem meu apoio mesmo. Ela tem se dedicado muito e continua estudiosa, então não tenho motivos para não apoiá-la”, conta orgulhosa.

Para a professora de GR do Colégio do Salvador, Barbara Maia, além dos benefícios do esporte, a diversão precisa fazer parte do dia a dia das atletas. “Nós fazemos um trabalho de base para elas iniciarem na modalidade. Não tem muita cobrança porque elas precisam fazer algo que as divirta. Como elas mesmas já se cobram muito, nós tentamos amenizar e não cobramos tanto para que não se torne algo massacrante, mas sim, prazeroso”, salienta a professora.

Ainda de acordo com Barbara, a Ginástica Rítmica traz muitos benefícios às alunas. “A GR é um dos esportes mais completos que tem. É capaz de desenvolver a parte de coordenação motora, a disciplina, determinação para conseguir sair bem-sucedida nas competições, enfim, uma série de benefícios, além da diversão”.

A mãe de Sofia reforça os pontos positivos da GR que ela já percebe visíveis em sua filha. “O esporte permite interação maior com as pessoas, desenvolve várias habilidades, concentração, ensina a lidar com as dificuldades, porque é um desafio se apresentar em público, além disso, contribui com a disciplina”.

A escolha das profissionais que acompanham as atletas é algo que sempre foi levado a sério pelo Colégio do Salvador por priorizar o bem-estar das alunas. “Nós somos ex-ginastas, assim como a maioria das outras meninas que prestam assistência às atletas, ou seja, já passamos pela experiência e sabemos o que elas estão sentindo e o que precisam para se sair bem, mostrando que elas são capazes. Nós temos muita responsabilidade por serem crianças, respeitamos os limites de cada uma porque, acima de tudo, queremos que elas estejam felizes”, ressalta Bruna Santos, auxiliar técnica da equipe de GR.

Galeria Voltar Galeria Avançar
Carregando legenda