Notícias

Índios da tribo Xocó participam das comemorações do Dia do Índio no Colégio do Salvador

Para comemorar o “Dia do Índio”, celebrado no dia 19 de abril, o Colégio do Salvador se transformou numa verdadeira tribo na sexta-feira, 20. Pais, mães e familiares lotaram a quadra do colégio para acompanhar as apresentações de dança dos alunos da Educação Infantil.

 

Vestidas a caráter, com penas, cocares e chocalhos, as crianças esbanjaram alegria e deram um show de desenvoltura durante as apresentações que marcaram a celebração do Dia do Índio. Com coreografias ensaiadas e todas as músicas na ponta da língua, os pequenos encantaram os familiares.

 

De acordo com Evelyne Vieira Nascimento, mãe de Felipe Vieira Nascimento, aluno do Maternal I, essas atividades são essenciais. “Acho importante para as crianças aprenderem, terem um pouco de conhecimento do nosso país e darem valor à nossa cultura. E o melhor é que eles aprendem brincando”, disse.

 

Para enriquecer ainda mais a manhã festiva e cultural, e trazer a cultura indígena mais para perto, o Colégio do Salvador levou índios da tribo Xocó para participar das comemorações. Os índios fizeram uma autêntica dança indígena, encantando pais e alunos. De olhos vidrados na apresentação, as crianças pareciam não acreditar que estavam vendo índios de verdade. 

 

O advogado Helder Sanches, pai de Maria Luiza e Enzo, alunos do 1º período e 1º ano, também ressaltou a importância de eventos desse tipo. “É fundamental para as crianças aprenderem e para não deixar essa cultura morrer. Foi um espetáculo maravilhoso, todos estavam muito contentes e valorizou a cultura nacional”, afirmou.

 

A diretora da Educação Infantil, Nair Almeida, falou da iniciativa do Colégio do Salvador em trazer os índios Xocós para as apresentações.  “Já faz muitos anos que a gente tinha trazido os índios e, esse ano, conseguimos trazer de novo. E acho que teve uma conotação toda especial. Porque representar e querer fazer dessa festa uma homenagem a essa cultura já é uma manutenção de uma coisa folclórica. Mas, conseguir inserir esses personagens reais dentro da festa para as crianças, acabou tendo um brilho diferente. E eles ficaram encantados, disseram que nunca tinham visto índio de verdade”, completou Nair.

Galeria Voltar Galeria Avançar
Carregando legenda